Todos posts de August 2011


Mais um tablet oficialmente no Brasil: Acer Iconia na semana que vem por R$ 1499

A Acer já tinha confirmado que o Iconia chegaria ao Brasil, e agora está cumprindo a promessa. No próximo dia 23, você já tem mais uma opção de ter um tablet com Android 3.0, e ainda com um preço bem interessante. O novo Iconia chega com o preço de R$ 1499, o mesmo do Asus Transformer e o Motorola XOOM. Por esse preço você leva o modelo com 16GB e Wifi, e por R$ 200 a mais você faz upgrade para 32GB. O modelo 3G ainda não tem previsão de lançamento.

O tablet tem especificações bem comuns aos tablets com Honeycomb: processador Tegra 2, 1GB de RAM, tela com 1280×800 de resolução e duas câmeras – frontal e traseira. Possui também saída HDMI e um slot para cartão de memória para expandir a capacidade. Mesmo sem o mesmo número de apps que o iPad tem, o Iconia tem vendido bem, quase 1 milhão de unidades. É mais uma opção no mar de tablets que teremos para o natal, que também deve contar com o banido Galaxy Tab de 10 polegadas, mas que chega por R$ 1999. Já se decidiu?

17 de August de 2011 - 13:03 por

Firefox 6 faz seu debut oficial depois de sair pré-maturo um dia antes

Os mais espertinhos de plantão já estão rodando a Raposa 6.0 em seus computadores, mas hoje foi o lançamento oficial da nova versão do Firefox. Menos de dois meses depois da versão 5, a Mozilla mostra que realmente irá mudar o calendário de atualizações, sendo mais frequente e com mudanças menos drásticas (bem como o Chrome). A nova versão vem com mais de 1000 mudanças e correções e com a promessa de ser 20% mais rápido que a versão 5.

Como sempre, o Firefox está disponível para os 3 irmãos do desktop – Windows, Mac e Linux. É só clicar no link da fonte para o download. Ah, e o bichinhos estranhos continuam fazendo propaganda para o guladigital – nada da raposa aparecer para a festa.

16 de August de 2011 - 18:18 por

Por que o Google comprou a Motorola?

As últimas 24 horas têm sido uma avalanche de noticias e opiniões na última jogada do El Google, que fechou acordo para comprar a Motorola Mobility, a divisão de celulares da grande Motorola que se separou no começo do ano. A grande bla bla bla é claro em torno no montante de patentes que a Motorola tem, e com isso não só o Google, mas todos que vendem Android poderão se fortalecer na luta contra os inúmeros processos de patentes que estão rolando.

Mas essa compra tem uma esfera muito maior do que a “simples” guerra de patentes, afinal, a bagatela de U$ 12,5 bilhões em cash é muita grana, e a Motorola não vive só de patentes. Estamos falando da Motorola, uma das precursoras dos celulares, que lançou modelos marcantes como o StarTAC e o V3 (o RAZR, que vendeu mais de 130 milhões de unidades no mundo). O que o Google está pretendendo com todo o pacote Motorola que vem junto? Continue lendo e veja a nossa análise. → leia mais

16 de August de 2011 - 18:04 por

Sony lança PSP sem Wifi e reduz preço do PS3 – tudo lá fora

Poxa, ficou chateado? O PS3 acabou de sofrer um corte de preço no Brasil, já queria outro? Levanta a mão e fala: sim! Pois é, todo mundo queria, mas nossa vez já foi. Quando a nossa versão de PS3 começou a chegar no “dobro” do preço de lá de fora, a Sony acabou com o nosso “barato” (nossa, que tanto de ironia!).

Pois bem, a Sony anunciou em sua conferência na Gamescom duas pequenas novidades nos seus dois atuais produtos. O PS3 cai “meia marca” e agora custará 249 dólares/euros. Sem muito horizonte de PS4, é pressão para aumentar vendas ou simplesmente economia de escala – afinal, são dois anos cheios desde o corte para 299.

A outra novidade é mais interessante. O PSP, mesmo com os dias contados para anteceder o PS Vita, ganhou uma nova versão (mais uma!), que tem uma pintura fosca igual ao seu big brother e a super novidade que é vir com “sem Wifi”. Sim, a Sony cortou mais custos de seu console portátil para vender por 99 euros no velho continente, onde o preço antigo era € 130. Quem precisa de Wifi, né? Hoje quase ninguém entra online, muito menos pra jogos… certo Sony? Tá na hora de ouvir Alanis para entender esse post (dá até pra colocar uma frase nova na música: “It’s like buying a no wifi PSP in 2011“).

16 de August de 2011 - 17:44 por

XPERIA Play chega oficialmente ao Brasil no dia 25 de Agosto fazendo piada dos “joguinhos” de iPhone

Playstation já ficou famoso pelas várias propagandas bizarras e agressivas contra os “joguinhos de criança” do Wii e do iOS. Para o lançamento do Playstation Phone, a marketing não foi diferente. Inclusive por aqui. Já confirmado para lançar na próxima semana, os anúncios começam a chegar na internet, e pra variar, fazendo piadinha.

O último dos irmãos de 2011 vem com Android 2.3 e alguns jogos de PS One já instalados no aparelho. Já tivemos um contato com o mais queridinho dos XPERIA 2011, algo que não encheu de brilho nossos olhos, mas vamos deixar pro nosso contato no lançamento para um hands-on mais verde-amarelo e atualizado, certo? Aguardem.

15 de August de 2011 - 19:25 por

Netflix já fecha acordos com Universal e Televisa para o Brasil

As negociações estão de vento em popa para o conteúdo da Netflix na terra das novelas. E não estamos falando do México! Apesar de que as novelas de lá chegarão aqui. As últimas informações da Folha mostram que a Televisa – produtora mexicana de telenovelas – já firmou o contrato para a distribuição no Brasil, ou seja, você pode reviver suas noites de SBT dos anos 90 direto no Netflix (sim, estou sendo irônico!). Seria um cutucão para a Globo assinar também? Não custaria nada.

Numa notícia um pouco mais interessante, a Universal Studios também confirmou que já tem os direitos de seus filmes firmados para o Brasil. Assim como nos EUA, não são filmes tão recentes, e sim um catálogo com filmes com 5 anos ou mais da data de lançamento. Mas catálogo da Universal é “catálogo da Universal”, tem muito filme bacana pra poder rever, ou correr atrás daquele que sempre esteve na sua lista mas nunca viu, como no meu caso, A Lista de Schindler (sim, podem jogar pedras! Hehe). Agora só falta assinar com aqueles outros 5 grandes estúdios e fica tudo pronto, certo Netflix?

15 de August de 2011 - 18:39 por

Major buzz kill da semana: elevadores do espaço só para nossos bisnetos (e olhe lá)

Ir para o espaço. Não adianta, esse é o sonho da maioria dos terráqueos e de 100% dos geeks. Tirando as opções que giram na casa dos bilhões de dólares, não existe outra possibilidade para as pessoas normais. Nem mesmo pros astronautas, já que o programa espacial foi terminado. A Boeing está estudando algumas novas opções, assim como o grande Richard Branson, mas nada seria tão fantástico como o projeto de elevador espacial.

Parem para pensar: faz o maior sentido. Primeiro, é o caminho mais curto até o espaço. Qualquer aeronave tem que percorrer 10x a distância pra chegar lá em cima, e o modelo de ônibus espacial já provou inviável. A distância total do elevador seria de apenas “50 ou 60km”, mais curto que descer para o litoral paulista. Segundo, a idéia de estação flutuante é genial. Pros que estão pensando de como o “prédio” seria sustentado, pense de novo: ele não precisa de sustentação, pois a forca centrífuga da Terra é que manteria a estação “flutuando”, sendo “puxada” pro espaço. O problema é muito mais na construção do que no funcionamento.

Vários projetos da NASA já foram recusados, e na ultima Conferência do Elevador Espacial (é verdade, não é piada, e acontece anualmente) várias idéias surgiram para acelerar o processo. Entre elas, os materiais a serem usados, o tempo de viagem no elevador (uma semana!) e o número de carros são os mãos questionados. Porém, mesmo para os mais otimistas, a brincadeira não deve acontecer nos próximos 150 anos. E lá se vai o sonho do seu neto, que ainda nem nasceu, de ver o céu infinito. Talvez seja a hora de já pensar no telescópio…

15 de August de 2011 - 14:13 por

Google compra Motorola (Mobility)

Segunda-feira é segunda-feira, né? Não tem como mudar a sina desse dia. Mas quem sabe uma notícia quente te dá forças pra começar a semana? Pois ela começou quentíssima no Vale do Silício: o Google acaba de anunciar sua mais nova aquisição, e de pequena ela não tem nada – a Motorola Mobility. Se o “Mobility” é estranho pra você, não se esqueça (ou fique sabendo) que a Motorola se dividiu em duas no começo do ano, colocando a divisão de celulares totalmente separada como uma outra empresa.

E é exatamente essa que o Google acabou de engolir. → leia mais

15 de August de 2011 - 11:02 por

Que venha a Google Farm: jogos sociais disponíveis no Google+ a partir de hoje

Nem demorou tanto assim: já chegaram os jogos sociais para Google, mais um passo em direção à Facebookização total do ex-buscador – que começou com o “+1″ (vulgo “Google Like”) e desabrochou completamente com o Google+. Os jogos ainda estão em fase de “lançamento progressivo” e, segundo a empresa, estarão lá quando você os quiser e sumirão quando você não os quiser. Com essa leve cutucada nos jogos para Facebook – e em seus usuários que têm mania de pedir ajuda a TODOS os seus amigos para capturar a ovelha perdida, ou encontrar o repolho mágico da fazenda – o Google quer dizer que você precisa clicar num botão na barra superior para habilitar os jogos e tornar os seus agradáveis updates visíveis. Pois é, na sequência do Google+, Google Pictures, Google Blogs, talvez venha o Google Farm… Só eu que estou sentindo cheiro de cachorro?

12 de August de 2011 - 14:09 por

HTC anuncia compra/parceria com Beats buscando reinventar o som nos smartphones

20110811-044039.jpg

Mesmo no meio de uma guerra de patentes em que milhões serão pouco para arcar com qualquer consequência, a HTC mostra que pensa no futuro e tem boas reservas de cash. A empresa anunciou hoje a compra da maioria das cotas da Beats, uma empresa especializada em som e áudio de alta qualidade. A Beats tem uma linha extensa de headphones, incluindo a Beats by Dr. Dre, e uma parceria com a HP para certos modelos de laptops.

A compra de 300 milhões de dólares vem junto com uma parceria exclusiva para smartphones (laptops da HP continuam no portfólio sem problemas). A HTC busca inovar no qualidade do som que nossos celulares conseguem emitir, tanto do auto falante como nos fones de ouvido. Isso não é novidade para a HTC – os últimos modelos tem codecs da Dolby e da SRS, o que melhora muito (mas não faz milagre). Pelo visto ela quer ir além, e a gente aplaude.

O CEO da Beats é o produtor musical Jimmy Iovine, que diz que “digitalizamos [a música] e ficou pior”. Ele também está nessa missão de resgatar essa qualidade e a parceria é seu ultimo passo. A HTC diz que o primeiro aparelho HTC-Beats sai ainda esse ano, mas não deu nenhum detalhe. Será o celular o novo Boombox?

ps: o modelo da foto acima é apenas o HTC Surround, já no mercado, que apesar da bela foto, tem péssima caixa de som…

11 de August de 2011 - 16:28 por

Jogo da Stockcar é tão brazuca como o próprio campeonato

O campeonato da Stockcar não só é bastante popular no Brasil (até o Villeneuve veio correr por aqui), mas também é motivo de orgulho nacional. É disputado, bem organizado e ainda por cima rentável. Praticamente o menino de ouro do nosso automobilismo. A popularidade cresceu tanto que agora até jogo de computador o esporte ganhou, e como o próprio esporte, feito 100% no Brasil.

O estúdio Reiza, de Londrina, buscou ser tão fiel ao esporte como são os jogos de Formula 1 ou Nascar: desenvolveu com ajuda de pilotos e engenheiros, tem a licença para usar nomes e carros oficiais da competição, assim como 10 circuitos brasileiros (incluindo Interlagos e Jacarepaguá).

O jogo pode ser baixado pelo site do jogo aqui, e é exclusivo para PC (uma pena, poderia ser o charme da PSN brasileira). O jogo custa 29 dólares, mas te deixa testar por 30 minutos antes que vc decida passar o cartão de crédito.

É muito bom ver o Brasil se especializando em software também, mostrando que tem capacidade para fazer coisas grandes e do nosso jeito. Não sabemos se o jogo é bom, iremos testar, mas já merece aplausos pela iniciativa. Quem sabe não veremos um dia o futevôlei chegando para PS4, hein?

11 de August de 2011 - 9:51 por

Spotify já tem 1,4 milhões de usuários nos EUA, mas 88% deles não pagam um centavo sequer

Não passou nem um mês ainda que o Spotify aterrissou na terra do Tio Sam e já está mostrando que veio para competir com os grandes. A empresa europeia já passou bem dos um milhão de usuários, mas a grande maioria ainda faz parte do serviço de graça e não dá nenhum centavo (diretamente, não vamos esquecer dos anúncios) ao Spotify. Do total, 12,5% estão no serviço premium e gastando aquela nota de 10 dólares todo mês.

Não podemos dizer que é um número baixo – na Europa a fatia é de 15%. Além disso, as condições de free nos EUA são um pouco melhores – mais músicas e mais tempo de escuta. A grande vantagem da assinatura mensal é realmente a versão mobile, onde iOS e Android ganham um concorrente forte para seus aplicativos de música nativos.

Na Europa, o Spotify já tem 1,6 milhões de assinantes, e o Rhapsody, o maior concorrente nos EUA, em torno de 800 mil. É ainda uma boa caminhada, mas o começo parece bom – principalmente pelo excelente serviço que é. Alguém aí assinando lá de fora?

10 de August de 2011 - 19:28 por